Poetas – Compositores – Músicos – Fadistas

“E é isto que é preciso meus senhores, p’ró fadinho ser cantado com todos os matadores”

Agradeço a colaboração

de

Fernando Batista - Porto * Manuel Carvalho - Porto * Maria de Lurdes Brás * Vilma Joaquim Perez - Santos - Brasil

Seguidores

quarta-feira, 18 de junho de 2008

Gisela João

A presença e voz de Gisela João têm sido acolhidas, desde 2003, em espaços variados no Grande Porto e no Norte do país que reconheceram na jovem os encantos, o talento e a vontade genuína de cantar o fado que lhe dita o coração.
O público, de início desconcertado com o contraste abismal entre a figura de menina e moça e a voz cheia, quente e imponente, cedo baixa os braços e deixa-se enlevar pelos cantos de amor, mágoa, alegria e saudade do seu reportório, presentes na condição lusitana e, afinal, em toda a tribo humana, o que explica o convite para actuar em Macau, durante o mês de Abril de 2007. Em 2006, é vencedora do 1º prémio do XV concurso de fado amador “J. F. Lordelo do Ouro” e edita “Gisela João – O Meu Fado”, onde é acompanhada à guitarra portuguesa e viola.
Nas actuações, cada vez mais solicitadas e resultando até em residências periódicas, Gisela ergue-se nos ombros e vozes dos seus gigantes adorados, buscando a sua expressão original, a pureza de um canto que também se quer impuro, como as paixões que arrepiam a alma.
A voz de Gisela modela-se, cantando; faz o caminho, caminhando, sem outro guia que o entusiasmo que acalenta de, um dia, certamente bailando, lá chegar.

www.myspace.com/giselajoao