Poetas – Compositores – Músicos – Fadistas

“E é isto que é preciso meus senhores, p’ró fadinho ser cantado com todos os matadores”

Agradeço a colaboração

de

Fernando Batista - Porto * Manuel Carvalho - Porto * Maria de Lurdes Brás * Ilídio Dias * Vilma Joaquim Perez - Santos - Brasil


Seguidores

sábado, 1 de março de 2008

Joana Amendoeira - Fadista

Joana Amendoeira é considerada uma das Fadistas da “Nova Geração”, no seu cantar, o fado ganha novo fulgor, nova atitude sem se desviar da Tradição.
Nascida em Santarém a 30 de Setembro de 1982, participa, em 1994, pela primeira vez na Grande Noite do Fado de Lisboa, onde recebe os maiores elogios do público e júri presentes.
Em 1995, volta a participar, no Porto, onde ganha o primeiro prémio de interpretação feminina. A partir desse ano inicia uma actividade regular com espectáculos por todo o país e auditórios, teatros, nos quatro cantos do mundo. Em 1998 desloca-se pela primeira vez ao estrangeiro, onde actua no âmbito do evento "Dias de Portugal", organizado pelo ICEP na cidade de Budapeste (Hungria). Ainda no mesmo ano grava o seu primeiro álbum, intitulado "Olhos Garotos", o que a torna uma das mais jovens intérpretes de fado com discos gravados.
O espectáculo com Carlos do Carmo, no auditório do Rádio Alfa em 1999, Paris, possibilita-lhe outros concertos em Países como, África, Budapeste ou Brasil onde actua no âmbito dos “500 anos da descoberta do Brasil”.
Em 2000 edita o segundo álbum "Aquela Rua", que recebe as melhores referências da crítica especializada. Inicia uma colaboração regular com o "Clube de Fado", uma das mais prestigiadas casas de Fado de Lisboa, onde faz parte do elenco local. Em 2001 volta ao estrangeiro, com actuações na Holanda (Kleine Komedie), Itália (Instituto Português de Santo Agostinho), Alemanha (Festival de Canções de Verão), Hungria (a convite do ICEP), Brasil (Hotel Vila Galé), U.S.A. (Comunidade Portuguesa de São José da Califórnia) e França (Comunidade Portuguesa de Lyon). Com o reconhecimento internacional é convidada a ir ao Japão, para uma digressão de 23 dias; actua na prestigiada sala Muziekcentrum Vredenburg, em Utrecht (Holanda); na carismática Sale Jacques Brel, em Fontenay (França) e no Centro Cultural Dom em Moscovo. Enquanto isso, em Portugal, é convidada para as mais prestigiadas colecções discográficas nacionais, como Novas Vozes, Novos Fados da EMI/VC, Nova Biografia do Fado da EMI/VC, no disco de homenagem a Moniz Pereira (Universal) e participa na banda sonora da série Jóia de África. Em 2003, lançou o seu terceiro álbum “Joana Amendoeira” trabalho que teve reconhecimento imediato por toda a comunidade fadista, crítica especializada e pelo público.
A tour deste álbum levou-a a vários países como a Holanda, Espanha, França, Áustria. E permitiu-lhe ser escolhida, entre muitos candidatos, a apresentar o seu espectáculo, em diversas feiras profissionais de World Music, como o Mercat de Musica Viva de Vic 03 (Espanha) e a Strictly Mundial 05 (Canadá).
Joana Amendoeira, a jovem, que já foi promessa, é agora uma certeza no panorama da música nacional e internacional actual.
Facto confirmado pela atribuição do Prémio Revelação 2004 da Casa da Imprensa e reafirmado no seu mais recente álbum “Joana Amendoeira- Ao vivo em Lisboa”
O seu quarto CD, lançado em Julho 2005, é o primeiro ao vivo.Gravação do seu primeiro espectáculo a solo numa das mais prestigiadas salas de Lisboa, o Teatro Municipal São Luiz, no passado mês de Novembro de 2004.
O êxito deste espectáculo ficou registado para ser partilhado por todos os apreciadores de Fado e do talento da artista Joana Amendoeira. Na sua voz, o fado atinge momentos de sublimes harmonias vocais, sentidas e sensuais. Joana Amendoeira é o fado em todo o seu esplendor!
Ficha Artística:
Voz: Joana Amendoeira
Guitarra Portuguesa: Pedro Amendoeira
Viola de Fado: Pedro Pinhal
Baixo: Paulo Paz

http://www.joanaamendoeira.com/